Como otimizar o uso de equipamentos e reduzir o consumo de energia em padarias?

Como otimizar o uso de equipamentos e reduzir o consumo de energia em padarias?

O custo de energia está entre os três maiores na administração de uma padaria, conforme dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), atrás apenas dos gastos com pessoal e aquisição de matéria prima.

Com o gradativo aumento das tarifas de energia elétrica, esse setor produtivo vem buscando alternativas para diminuir tal custo e também otimizar o uso do equipamento já existente. Confira no post a seguir algumas sugestões de como otimizar o uso dos equipamentos e reduzir o consumo de energia na sua padaria.

Conheça os equipamentos responsáveis pelo maior consumo de energia em padarias

A dica geral para saber quais equipamentos gastam mais em sua padaria é verificar a potência deles: quanto maior a potência, maior será o consumo de energia. Em seguida, observe o selo Procel de eficiência energética: classes A e B são os mais eficientes, enquanto os F e G são os menos.

Porém, nem todos os equipamentos terão o mesmo impacto no final da conta de energia. Conforme pesquisa do Sebrae, os equipamentos responsáveis pelo maior consumo de energia em padarias são os de refrigeração, que respondem por mais de 40% do que é pago na conta.

Em segundo lugar, o forno consome em torno de 29%. O restante divide-se entre ar condicionado, microondas e estufas, masseiras e cilindros, iluminação e outros.

Equipamentos de refrigeração

Outra conclusão da pesquisa do Sebrae é que os equipamentos de refrigeração (refrigeradores de exposição, freezers horizontais e expositores de iogurte) não recebiam manutenção adequada ou eram obsoletos.

É comum, também, o mau uso desses equipamentos, o que leva ao bloqueio dos canais de ventilação, comprometendo a circulação de ar no interior dos refrigeradores. Se a circulação de ar estiver impedida, não ocorrerá a refrigeração adequada, forçando mais os motores e aumentando o preço pago na conta de energia.

Assim, faça a manutenção dos equipamentos e, se for o caso, invista na aquisição de refrigeradores mais modernos e eficientes, que certamente compensarão o investimento por meio da redução no valor pago na conta ao fim do mês.

Outras dicas referem-se ao bom uso dos equipamentos:

  • Não forre as prateleiras;
  • Distribua os produtos adequadamente, sem impedir o fluxo do ar frio;
  • Verifique a temperatura dos refrigeradores, mantendo-a compatível com a necessidade dos alimentos a serem conservados;
  • Faça a manutenção das borrachas de vedação, que garantem a permanência do ar frio no interior do refrigerador
  • Instale os refrigeradores afastados do sol e fontes quentes (tais como fornos, por exemplo)
  • Limpe o condensador e faça o degelo para desbloquear eventuais impedimentos do fluxo de ar internamente

Fornos

É possível adotar fontes complementares de energia, tais como fornos a lenha ou a gás. De maneira geral, fornos menores são mais eficientes, permitindo melhor circulação do ar quente. Também, é importante observar se os fornos têm bom isolamento térmico e boa vedação.

Verifique as normas NBR 16343, 16344 e 16345 de:2015 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Hoje, é possível avaliar o desempenho de fornos elétricos através desta metodologia e também por meio do selo Procel.

Outra dica é manter sempre as portas dos fornos fechados, preservando o seu aquecimento, que poderá ser aproveitado em novas fornadas.

Iluminação

Adquira o hábito de usar o selo Procel de eficiência energética, que é válido também para lâmpadas. Assim, busque aquelas mais eficientes e tente aproveitar ao máximo a luz natural, instalando telhas translúcidas, janelas grandes, e pintando o interior com cores claras.

É importante também orientar os funcionários a terem bons hábitos, tais como ligar a luz somente quando necessário e desligar as lâmpadas ao sair de um recinto.

Invista em geração própria de energia com sistema fotovoltaico

Apesar das medidas indicadas anteriormente serem válidas, elas são na verdade paliativos para um problema que vem crescendo com o tempo. Como se sabe, as mudanças climáticas têm ocasionado dificuldades na geração de energia no Brasil, uma vez que mais de 60% da nossa matriz energética provém de hidrelétricas. Estas, por sua vez, em razão da falta de chuvas e do crescente aumento da demanda por energia, têm perdido sua capacidade de provimento de eletricidade.

Isso ocasiona o encarecimento da conta de energia. Por essa razão, a instalação de painéis de energia solar fotovoltaica tem crescido, mesmo com a crise econômica. Não é para menos: a instalação de painéis fotovoltaicos pode diminuir até 90% o valor pago na conta de energia de padarias.

Painéis solares são um investimento seguro

A razão disso é que os painéis solares têm durabilidade de até 25 anos, tornando este um investimento seguro, tanto do ponto de vista energético, quanto do financeiro.

Isso porque existem diversos incentivos públicos e privados, como isenções tributárias e condições especiais de financiamento para a instalação de sistemas fotovoltaicos. E uma vez instalado o sistema, o gasto com a conta de energia em sua padaria diminuirá significativamente já no primeiro mês. Assim, a diferença no valor das contas de energia antes e depois da instalação proporcionam uma economia capaz de arcar com o valor do sistema e ainda gerar lucro, não comprometendo o seu orçamento.

O sistema solar agregará valor à sua padaria

O mercado de panificadoras é muito competitivo, sendo necessário pensar em estratégias para diferenciar-se e garantir a clientela.

Hoje, o investimento em sustentabilidade é uma forma de agregar valor à marca. Por este motivo, a instalação de um sistema de geração de energia solar em sua padaria pode ajudar sua empresa a destacar-se.

Como podemos observar, os principais vilões do consumo de energia em padarias são os refrigeradores e fornos elétricos, ainda que exista o selo Procel de eficiência energética para ajudar na decisão de aquisição.

Por outro lado, ainda que medidas paliativas possam ajudar a economizar no curto prazo, elas não resolvem o real problema, que é a insegurança energética e o encarecimento da conta de energia. Nesse sentido, investir em energia solar, além de ser seguro e rentável, ajuda a diferenciar sua padaria no mercado, agregando valor à sua marca.

Solicite um orçamento e veja como a SolarVolt pode ajudar você a economizar na conta de energia agora mesmo!

Natália Müller
Natália Müller

Analista de Marketing

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAIBA MAIS SOBRE
ENERGIA SOLAR

Receba nossos e-mails com conteúdo sobre energia solar.